terça-feira, 7 de julho de 2015

A IGREJA E O VELHO TESTAMENTO- A CRIAÇÃO DO MUNDO


I
O VELHO TESTAMENTO


Com o intuito de frear a saga humana pela desobediência, com a finalidade de por ordem hierárquica, de impor medo e incutir que existe o céu para os bons e o inferno para os maus,  a casta dominante criou num período de 15 séculos um regimento para conduzir a vida dos súditos e o chamou de  O Livro Sagrado, relata que foi escrito sob a inspiração de Deus.


Este complexo manual e livro de códigos foi idealizado em dois grandes volumes , o primeiro chamado de Velho Testamento que reza do inicio do mundo (GENESE) até o nascimento de Cristo (AC) e o segundo livro,  chamado de O Novo Testamento,   reza as leis e os fatos que vieram depois do nascimento de Jesus (DC).


O Velho Testamento tem como mentor principal e único, o Criador SENHOR DEUS, nesta fase o Senhor Deus impõe as suas regras, os seus ensinamentos e as suas exigências, era muito duro com o seu povo, qualquer deslize levava o homem à morte, nesta fase não havia perdão , qualquer ato de desobediência ao superior  o homem receberia a pena de morte ,era eliminado pelos seus pares ou pelo próprio Deus, o seu Senhor, isso aconteceu com os filhos de Judá e muitos outros.


No Velho Testamento não existia recuperação, não seguira os seus ensinamentos, fugira dos seus ditames , amara outros deuses, saíra de sua crença, desobedecera  aos pais o castigo era a morte, não existiam outros métodos de punição, naquela época o homem era descartável, do pó para o pó, basta atentar para as Sete Pragas do Egito.


Nesta fase era normal o concubinato, vide Jacob e  o seu  harém ,  corroborado por Salomão e as suas mil mulheres no século X AC, era natural  o filho bastardo, a escravidão, a poligamia, vide Esaú, eram comuns  grandes invasões com o extermínio de povos que adorassem outros deuses ou deixassem de  adorar o seu Senhor, ordenando o massacre publico coletivo eliminando todos os componentes das comunidades vencidas, velhos, velhas, mulheres, crianças, escravos eram exterminados e até mesmo os animais domésticos e comestíveis eram executados para não ficarem sementes do mau, vide o massacre a Jericó sob o comando de Josué, o sucessor de Moisés,  tudo documentado nos tomos  Êxodo, Deuteronômio, Moisés, Número e outros.


Muitas Religiões atuais pararam no Velho Testamento e hoje seguem estes ensinamentos ao pé da letra, interpretam literalmente a morte de um ser   como   o apagamento da vida, é o caso de parte do ISLAMISMO com o ALCORÃO, os chamados fanáticos radicais , eles não aceitam a flexibilidade do mundo ocidental,  hoje dominante economicamente . Para eles  não existem os Santos, é pecado mortal a homossexualidade, a mulher não tem o menor valor social, só serve para a procriação, sexo antes do casamento , fora dele e até mesmo a mulher estuprada é apedrejada,  o homem é poligâmico, não se come suíno, não se trabalha no sábado e todos os que forem contra a lei de Deus serão condenados à morte, o seu maior representante, além de Moisés, Elias e Josué, é o Profeta Maomé que mesmo sob a tutela do Novo Testamento no século VI DC peitou  as leis de Jesus,   ressuscitou o Velho Testamento e  foi o maior profeta Islâmico  da era Cristã,  pregando literalmente as palavras de Deus e as suas duras leis, letra por letra, sangue por sangue. O profeta Maomé é intocável, não é pauta para o desrespeito, o mundo ocidental  lhe deve deferência, o Velho Testamento não perdoa.
Iderval Reginaldo  Tenório

Zum Zum Zum, (Capoeira Mata Um) - YouTube

www.youtube.com/watch?v=WIjgBXXY3Gs
29 de jan de 2012 - Vídeo enviado por Michael Ventura de Souza
Zum Zum Zum, (Capoeira Mata Um) (Capoeira Brasil)

3 comentários:

joaca disse...

Já por 3 vezes li a bíblia. Estou agora terminando o novo testamento. A re visita ao velho foi apressada pois a quantidade de absurdos e mentiras desafia a menor das mentes. Na cegueira da ignorância pode dar continuidade. O mesmo acontece no novo, mais atenuado. Essa é a maior e mais bem engendrada estória com É jamais contada. A Bíblia nada mais é que um híbrido literário que se apropriou de antigos legados/conceitos/escritos , decididos e arrumados politicamente em Niceia para puro controle social. A prova é o que se sucede após

joaca disse...

Já por 3 vezes li a bíblia. Estou agora terminando o novo testamento. A re visita ao velho foi apressada pois a quantidade de absurdos e mentiras desafia a menor das mentes. Na cegueira da ignorância pode dar continuidade. O mesmo acontece no novo, mais atenuado. Essa é a maior e mais bem engendrada estória com É jamais contada. A Bíblia nada mais é que um híbrido literário que se apropriou de antigos legados/conceitos/escritos , decididos e arrumados politicamente em Niceia para puro controle social. A prova é o que se sucede após

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO TENÓRIO disse...

Parabéns pela bela explanacao