sexta-feira, 29 de abril de 2016

Zé da Luz: As Flô de Puxinanã


                                       
TRÊS IRMÃS.
                  

Zé da Luz: 

As Flô de Puxinanã (Paródia de As... 

 

OBRAS DE    DI CAVALCANTI

 


  

OBRAS DE    DI CAVALCANTI

Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo, mais conhecido como Di cavalcanti, foi um importante pintor, caricaturista e ilustrador brasileiro. 

 - Di Cavalcanti nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 6 de setembro de 1897.

- Desde jovem demonstrou grande interesse pela pintura. Com onze anos de idade teve aulas de pintura com o artista Gaspar Puga Garcia.

- Seu primeiro trabalho como caricaturista foi para a revista Fon-Fon, no ano de 1914

 

Zé da Luz: As Flô de Puxinanã (Paródia de As...

As Flô de Puxinanã
(Paródia de As "Flô de Gerematáia" de Napoleão Menezes)


Três muié ou três irmã,
três cachôrra da mulesta,
eu vi num dia de festa,
no lugar Puxinanã.

A mais véia, a mais ribusta
era mermo uma tentação!
mimosa flô do sertão
que o povo chamava Ogusta.

A segunda, a Guléimina,
tinha uns ói qui ô! mardição!
Matava quarqué critão
os oiá déssa minina.

Os ói dela paricia
duas istrêla tremendo,
se apagando e se acendendo
em noite de ventania.

A tercêra, era Maroca.
Cum um cóipo muito má feito.
Mas porém, tinha nos peito
dois cuscús de mandioca.

Dois cuscús, qui, prú capricho,
quando ela passou pru eu,
minhas venta se acendeu
cum o chêro vindo dos bicho.

Eu inté, me atrapaiava,
sem sabê das três irmã
qui ei vi im Puxinanã,
qual era a qui mi agradava.

Inscuiendo a minha cruz
prá sair desse imbaraço,
desejei, morrê nos braços,
da dona dos dois cuscús!
Zé da Luz, poeta, das terras nordestinas, nasceu em 29 de março de 1904 em Itabaiana, região agreste da Paraíba e faleceu no Rio de Janeiro em 12 de fevereiro de 1965. Veio ao mundo como Severino de Andrade Silva e recebeu a alcunha de Zé da Luz. Nome de guerra e poesia, nome dado pela terra aos que nascem Josés e, também, aos Severinos, que se não for Biu é seu Zé.
ESCUTEM O QUE DIZ O CEGO OLIVEIRA DE JUAZEIRO DO NORTE SOBRE A SUA RABECA.
JOSÉ OLIVEIRA- NASCEU CEGO EM 1929

Este eu conheci nas calçadas de Juazeiro do Norte, passava mais de duas horas ouvindo o grande mestre a tocar, nas minhas férias da UFBA era a minha terra o meu recanto, o Cego Oliveira acompanho desde o 10 anos de idade, era um dos meus entretenimento, a ele eu agredeço.
Compositor. Instrumentista. Tocador de rabeca. Cantador. Nasceu cego e em 1929  em Juazeiro do Norte Ceará.

 Teve o primeiro contato com a rabeca, ao receber de um tio um desses instrumentos. Aprendeu a tocar por conta própria. 

Aprendeu a decorar os versos das cantorias com a ajuda de um irmão quer lia para ele os versos dos romances. 

 Depois de ter se apresentado em muitos reisados, aprendeu a tocar pífano passando a apresentar-se (...)

Cego Oliveira - BEATA MOCINHA - José Renato e ...

www.youtube.com/watch?v=LsgwSVGd-IQ
3 de jun de 2013 - Vídeo enviado por luciano hortencio
Cego Oliveira - BEATA MOCINHA - José Renato e Manezinho Araújo. Álbum: Rabequeiros - As Músicas ...


  • Cego Oliveira - Minha Rabequinha - YouTube

    www.youtube.com/watch?v=hdA9lvKUF6E
    26 de out de 2007 - Vídeo enviado por Carlos M.
    Trecho do documentário "Nordeste: Cordel, Repente E Canção (produção de Tânia Quaresma, 1975)" onde
  • Nenhum comentário: