domingo, 2 de fevereiro de 2014

BELCHIOR EM FOTOGRAFIA 3X4 COM BELCHIOR ,DE BELCHIOR.


Tenho escutado de muitos que o Belchior está sumido, que o Belchior está passando por dificuldades e et e etc.
De posse da palavra informo que os grandes homens, os grandes pintores, os eruditos como Mozart, Pagannini, Ravel , os grandes filósofos e os grandes pensadores não concordam com este nosso mundo concreto, consumista, pecuniário, proprietalista, pequeno, mesquinho  e ganancioso.
 O Belchior faz parte de uma elite pensante , de uma elite abstrata que vive neste mundo concreto, deste mundo ligado ao ter. O Belchior é um pensador e morrerá como pensador. 
 Deixou e abandonou  a sua família no Ceará ainda como estudante de medicina e como apresentador de um programa televisivo sobre música popular ,deixou o porto seguro de uma profissão filosófica porém concreta, deixou a segurança financeira dos Belchior(s) na cidade de Sobral e foi peregrinar e escapar nos cabarés do Rio, nas casas de cômodos  da lapa e nos calçadões de Copacabana.
Belchior faz parte das mais importantes constelações  do azul celeste. Quem na sua juventude no auge  do Belchior, do apenas Um rapaz Latino Americano, no pico da luta política e da formação profissional não foi regado pelas poesias do mestre sobralense?
 Belchior está vivo e muito vivo na vida de cada um destes neófitos seres humanos, cidadãos sonhadores que hoje habitam este país chamado Brasil e que ainda tem muita força para lutar por dias melhores.
 Escutem está perola onde o mesmo relata o itinerário de um sobrevivente para o bem ou para o mal, apenas fala o que viu e o que viveu.
Grande Belchior, grande brasileiro.
 Iderval Reginaldo Tenório

FOTOGRAFIA 3X4
Belchior

Eu me lembro muito bem do dia em que eu cheguei
Jovem que desce do norte pra cidade grande
Os pés cansados e feridos de andar legua tirana.

E lágrima nos olhos de ler o Pessoa
e ver o verde da cana.


Em cada esquina que eu passava
um guarda me parava, pedia os meus documentos e depois
sorria, examinando o três-por-quatro da fotografia
e estranhando o nome do lugar de onde eu vinha.


Pois o que pesa no norte, pela lei da gravidade,
disso Newton já sabia! Cai no sul grande cidade
São Paulo violento, Corre o rio que me engana.
Copacabana, zona norte
e os cabarés da Lapa onde eu morei.


Mesmo vivendo assim, não me esqueci de amar
que o homem é pra mulher e o coração pra gente dar,
mas a mulher, a mulher que eu amei
não pode me seguir ohh não
esses casos de familia e de dinheiro eu nunca entendi bem
Veloso o sol não é tão bonito pra quem vem
do norte e vai viver na rua


A noite fria me ensinou a amar mais o meu dia
e pela dor eu descobri o poder da alegria
e a certeza de que tenho coisas novas
coisas novas pra dizer


A minha história é ... talvez
é talvez igual a tua, jovem que desceu do norte
que no sul viveu na rua
e que andou desnorteado, como é comum no seu tempo
e que ficou desapontado, como é comum no seu tempo
e que ficou apaixonado e violento como, como você


Eu sou como você. Eu sou como você. Eu sou como você
que me ouve agora. Eu sou como você. Como Você.


ESCUTEM O BELCHIOR EM FOTOGRAFIA 3X4 COM BELCHIOR DE BELCHIOR.

Belchior - Fotografia 3 x 4 - YouTube

www.youtube.com/watch?v=8DjDUNNCbNE
17/10/2012 - Vídeo enviado por Marcos Pessoa
Belchior - Fotografia 3 x 4 ALUCINAÇÃO De Belchior "Eu me lembro muito bem do dia em que eu ...


4 comentários:

IDERVAL TENÓRIO-MÉDICO disse...

Rommell Tenório Um homem muito avançado a sua época. Sem duvida um grande brasileiro.

Silviabastos disse...

Eu sou como voce...

Silviabastos disse...

Belchior passante pelos corredores do liceu do ceara ja trazia na face e no
O olhar aquela inquietacao dos pensam o mindo e as coisas daqueke tempo tirano

Almira Reuter disse...

Belckior sempre foi uma pessoa de atitude, ele pensou sonhou quis e alcançou e se realizou. É a ATITUDE que determina a nossa CORAGEM de buscar, de REALIZAR, de ir ao encontro daquilo que até então parecia intransponível...E alcançar a VITÓRIA. Almejo á ele que lembre desta sua história, pois na vida : apesar de não podermos voltar atrás para escrever um novo começo, nós podemos sim, começar agora a escrever um novo final. Tudo depende da ATITUDE. É a nossa ATITUDE que nos faz DIFERENTES ÚNICOS.