quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

EDITORIAL Falsos Médicos atuam no Brasil, alguns pontos que alimentam estes fatos.


EDITORIAL
Falsos Médicos atuam no Brasil, alguns pontos que alimentam estes fatos.


Muitos são os fatores que influenciam para esta enxurrada de profissionais falsos  no exercício da medicina, inicio com os seguintes argumentos,  a concessão de uma grande quantidade de Escolas, a abertura proporcionada pelo  MERCOSUL, o afrouxamento do Governo Federal  abolindo o REVALIDA , a retirada dos Conselhos em fiscalizar alguns profissionais diretamente ligados ao Ministério da Saúde e    a queda na formação familiar, social , moral e ÉTICA contribuem para que estes fatos  juntos  formem o epicentro da irresponsabilidade perpetrada e arquitetada contra a Medicina Brasileira. 

Além destas propriedades  existe o atrelamento de um pequeno grupo com empresas produtoras de  equipamentos e materiais médicos, complementadas com   a interação com farmácias, óticas e laboratórios . 

Para dourar  a pílula,  muitos desinformados diretores técnicos contratam profissionais sem conhecer as suas origens, sem conferir os seus documentos e sem se importar com a qualidade técnica .  Para oficializar o desmando,   os profissionais estão sendo contratados   por terceiros,  por legítimas  ou falsas cooperativas , por ONGs,  por empresas fantasmas, por empresas oportunistas  que precarizam os trabalhadores e até mesmo por uma manobra  cruel e perigosa chamada pejotização ou diretamente pelos secretários de saúde dos municípios sem o conhecimento dos diretores técnicos das unidades. 

Com este cenário e nublado céu,  os profissionais médicos perdem a força, perdem a auto estima,  perdem a palavra, ficam mudos, subservientes e fracos.

Os políticos do alto escalão, os do baixo, os executivos , os gestores, os  legisladores,  os cabos eleitorais e outros profissionais alheios a saúde tomam as rédeas , inundam o país com uma grei sem compromisso, uma grei falsa, irresponsável  e que não tem nenhuma ligação com a verdadeira Medicina e nem com  os verdadeiros  ESCULÁPIOS.

Com a palavra os destruidores da medicina, os vilipendiadores dos médicos  , os responsáveis por esta catástrofe social e por este massacre perpetrado contra  um dos principais segmentos da sociedade brasileira, contra  as suas entidades , os seus ícones e o código de ética médica  que pregam:

 LUTAR  CONTRA A MORTE,  BATALHAR PELA  QUALIDADE    E CONTINUIDADE DA VIDA  COM ÉTICA E DEDICAÇÃO..
  

Iderval Reginaldo Tenório

2 comentários:

Mario Pires disse...

Excelente e coerente texto. Parabéns, Dr.

marcos sales disse...

não sou médico porem entendi tudo que o Dr.Iderval falou mesmo porque nosso Brasil estar totalmente falsificado, do GARI AO S MANDATÁRIOS.