quarta-feira, 11 de setembro de 2013

NASCE MAIS UMA ESTRELA NO CÉU E DA MAIOR GRANDEZA



                                                  



Foto
ANTONIA REGINALDO
99 ANOS
DE SABEDORIA E DE VIDA
1914 A  2013
Faleceu hoje em Juazeiro do Norte, aos 99 anos (completaria no próximo dia 18), a Sra. Antônia Reginaldo da Silva, uma das mais antigas moradoras do Bairro do Socorro de Juazeiro do Norte.  Dona Tonha, como era mais conhecida, nasceu no distrito de Cajueiro, município de Maceió, Alagoas, no dia 18 de setembro de 1914. Aos quatro anos de idade veio com toda a família para o Cariri,  residindo inicialmente em Caririaçu. Orientado pelo Padre Cícero o pai dela reuniu a família e rumou para o município de Bodocó, PE, mais precisamente na Serra do Gato, para se dedicar ao plantio de mandioca.
                                                    




                         NASCE UMA ESTRELA NO CÉU
 
Amigos, existem dias tristes na vida de um cidadão, existem dias alegres, existem dias diferentes. Hoje 11 de setembro de 2013 foi um dia diferente, foi um dia muito triste, como também muito alegre. 
 
 Alegre, porque neste dia  11 de setembro de 2013 se celebra a confirmação e a comunhão definitiva e inseparável dos meus pais- José Miguel da Silva e de Antonia Reginaldo da Silva, nascidos em 1914 nos confins dos grotões dos sertões das Alagoas, casados na terra em  1935 e agora no céu ao lado de Deus neste 11 de setembro de 2013, meu pai foi primeiro e hoje partiu a minha mãe ao seu encontro, selando de uma vez por toda esta bela união para o resto dos tempos que será infinito, parabéns para os dois e para toda a nossa família.
 
Hoje também foi um  dia muito triste porque, apesar de não sermos materialistas ,a família perde uma das mais importantes mulheres deste mundo para muitos e a mais importante para este mortal,  mortal sem forças, sem atitudes, sem meios, sem possibilidades de reverter o quadro, pois, lutar contra a vontade de Deus é sacrilégio, injusto , até mesmo incompreensível e imoral. 
 
 Cabe a este simples pecador agradecer os 99 anos de vida de sua mãe, os 60 anos de convivência, de alegria e de aprendizado ao lado da mais sabia mulher de todos os tempos , sábia diante de sua pequena formação literária livresca e que continuará sendo para toda a família e para todos que tiveram a oportunidade de sua convivência, uma das mais sábias das sábias que passou pela terra, que contaminou a Serra do Araripe  e o meu Juazeiro do Norte em todos os seus recantos.
 
Sou feliz por ser filho de Dona Antonia Reginaldo da Silva, que jamais morrerá, que continuará mais viva, mais pujante e reverberando os seus conhecimentos, dona Tonha como o sol, ou madinha Toinha como a natureza  é benevolente, caridosa e  imortal.
 
 Só Deus conseguirá pagar pelo bem aqui praticado e, semeado para o bem de toda uma comunidade.
 
 Mamãe, muito obrigado e rogue aí no céu por todos nós que ficamos na terra, peça a Deus que olhe pelo mundo, peça por todos, pelos ricos e pelos mais necessitados, pelos orgulhosos e pelos humildes ,  continue aí ao lado do Criador com as mesmas atitudes realizadas aqui na Terra, apenas faça o que sempre fez neste curto espaço de tempo que aqui passou, 99 anos de pura bondade.
 
Deus, sei que neste plano sagrado todos estão em festa com a chegada desta guerreira maior, desta guerreira nordestina, lutadora e que jamais reclamou da vida, principalmente Papai, Zuca, Titia, Odílio, Ti Né, Tio Antônio  Miguel, Padim Miguel, Seu Manoel Balbino, Seu Zeca e Dona Maria, Dona Tudinha e muitas centenas  e centenas de amigos e afilhados, esta sim é uma estrela da maior grandeza. 
 
 QUE O SENHOR ESCUTE OS SEUS PEDIDOS.
 Aqui ficamos muito triste, mas  faz parte do ciclo de cada filho de Deus.
 
Iderval Reginaldo Tenório ,
 um dos filhos que agradece a Deus a chance de ser descendente de Jose Miguel da Silva e Antonia Reginaldo da Silva.

7 comentários:

Almira Reuter de Miranda disse...

Que Deus lhe dê a serenidade para aceitar as coisas que você e nenhum de nós podemos modificar,e suas palavras sei que condizem com seus sentimentos nobres,que bem sei que sentiu por sua mãe toda vida.Seus olhos brilhavam quando dela falava.E este amor em vida,que é importante,e tenho certeza que você com este coração maravilhoso deu.Tenho certeza que ela continuará viva,pois só nossa vestimenta acaba,mas!Nosso espirito não é eterno.Você esteve comigo,nas horas difíceis da minha vida.Como gostaria nesta hora de lhe dar um abraço.Um abraço meu querido amigo.

Anônimo disse...

Dr.Iderval isso realmente é uma pena, apesar de eu não conhece-la, tenho certeza de que foi uma pessoa maravilhosa. Ela ainda está viva na memória de todos que estiveram com ela. Abraço.

Marcus Vinícius

Anônimo disse...

Sinto não poder ter conhecido essa bela senhora, mas é com todo carinho que deixarei esta mensagem.
Todos nós estamos sujeitos à vida, o tempo se encarrega de colocar tudo no devido lugar, na hora certa tudo se esclarece.
Às vezes sentimos vontade de chorar e ficar isolados. Mas a vida dar tempo para nos adaptar, e, aprendendo a se adaptar nós mesmos nos surpreendemos, não é fácil. Porém é com ajuda de amigos que nos fortalecemos e eu, claro,serei sua amiga sempre. Um abraço forte e fique em paz. Amanda Alves

Anônimo disse...

Meu grande amigo sua querida mãe com certeza está feliz por ter cumprido o seu papel aqui nesta terra, deixando filhos maravilhosos, bem educados e principalmente humanos como você. Que todos vocês sejam abençoados por Deus. A marca de D. Antônia está tatuada em cada um dos seus entes queridos e jamais se apagará.

Anônimo disse...

Caro Iderval,
Meus pêsames!
Visitei a D. Tonha dia 09/09, na Clínica São José. Estava muito debilitada. Na ocasião me ocorreu velhas imagens suas quando me acolhia em sua casa com olhar sempre fraterno e muita bondade.Foi mãe de muitos meninos da Praça do Socorro. Era severa quando necessário, sem nunca perder o ar de bondade e carinho. Fiquei muito triste, e vejo que Juazeiro cada vez mais empobrece com a ausência dos nossos melhores professores, sábios como d. Tonha, de uma verdadeira sabedoria da vida.
Illydio Cruz Esmeraldo

IDERVAL TENÓRIO-MÉDICO disse...

Amigo Ilydio, mestra Amanda, minha Guru Almira ,meu amigo Vinicius, minha querida ou querido anônimo a familia agradece a todos vocês o respeito .Iderval.

Jossara Bes disse...

Caro Dr. Iderval,
Meus sentimentos!
A dor de perder a mãe, não importa a idade que temos, dói igual! Digo que é um "buraco" que nunca fecha, pois ameniza mas sempre dói, alguns dias mais, outros menos!
Confirmo todos os dias, pois mamãe sempre me faz muita falta!
A sua amada mãe viveu 99 anos! Isso é uma bênção! A minha partiu cedo, muito cedo!
Certamente, está muito mais iluminado a partir de agora caro amigo, pois o brilho de sua estrela mais querida, estará a reluzir sobre você!
Fique bem!
Beijos!