segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O EXCLUDENTE ENEM- ACORDA POVO BRASILEIRO, O BRASIL É DE TODOS E PARA TODOS.

Educação e Saúde pago por todos e para todos
É o que reza a Constituição

                                Uma pincelada sobre o ENEM
É INJSUTO O FILHO DO RICO HERDAR TODA A RIQUEZA DOS PAIS, PORÉM, MAIS INJUSTO É O POBRE NÃO TER A CHANCE DE SAIR DA POBREZA  E NELA SE PERPETUAR .
Iderval RegnaldoTenório
                                                       O EXCLUDENTE ENEM
O  ENEM avalia o nível de conhecimento  global de cada participante e de tabela o nível de escolaridade de cada região,de cada Estado , de cada município E DE CADA ESCOLA,  o injusto do ENEM é que o resultado é levado na mesma tabuada e os classificados escolhem em qual escola  quer estudar independente do local que tenham feito a prova, o ENEM é Universal, vale para todo o Brasil, as melhores notas escolhem as vagas dos principais cursos , nas melhores escolas inclusa no processo  tirando qualquer chance do pobre acender na escala cultural , uma vez que são oriundos de escolas de baixa qualidade, muitas vezes desconhecem até o conteúdo das questões.
O ENEM não considera a origem do aluno e nem o nível da Escola que o mesmo foi egresso,  pergunto aos meus diletos amigos :

1)    pode um aluno de uma escola de periferia, sem as mínimas condições disputar uma vaga com um aluno egresso de uma excelente Escola?
2)    Tem condições de concorrer a uma vaga e passar no ENEM,  um aluno que cursou do nascedouro ao dia da prova uma escola de péssima qualidade, sem professores, sem rumo e sem prumo?
3)    Tem condições de concorrer a uma vaga na Universidade um aluno carente,  que mora num bairro periférico , um aluno que precisa sair de sua casa ainda de madrugada para realizar a prova do ENEM no outro lado da cidade?
4)    Um aluno carente tem condições de concorrer a uma vaga na Universidade Pública de boa qualidade , num curso de ponta com um aluno de classe média alta?
5)    Um aluno que dormiu mal, que acorda de madrugada, que tem dificuldades de um bom desjejum, muitas vezes sem o apoio dos pais ou até mesmo sem um dos pais e que toma uma condução de péssima qualidade,  pode concorrer com um aluno que dorme bem, acorda bem e com uma farta mesa posta, os pais na cabeceira , depois o leva até o local da prova,  oferece um chocolate e água mineral para ser saboreado durante a prova ?
6)    O amigo acha que depois desta explanação pode o ENEM ser chamado de democrático e propiciar igualdade para todos?
7)    Será que uma péssima escola publica , ou uma fábrica particular tem o mesmo ensinamento de uma boa escola Publica ou Particular? Será que os alunos destas últimas não levam vantagem sobre os outros?
8)    Seja sincero, será que as Escolas dos Estados mais ricos não vão ocupar a maior parte das vagas do ENEM e  para os Estados pobres apenas as sobras?
9)    O amigo não acha que , com o passar do tempo o pobre continuará  sem escola e os ricos abarcarão todas as vagas do ENEM?
10)                      Está na hora de informar aos menos abonados que,  o Brasil precisa acordar e logo .
11)                      Confesso que fico perplexo com as nossas autoridades que implantaram este sistema , que  a cada dia aprimoram ainda mais as dificuldades e estreitam os gargalos para os alunos de regiões pobres, de escolas ruins e de famílias desestruturadas.
12)                      O amigo acredita,  que um estudante que acorda as 5 horas da manhã, que vai para a escola sem condições, depois vai direto para o trabalho ou estágio escolar para ganhar uma pequena bolsa de 300 a 500 reais , que gasta  o seu precioso tempo dentro de uma condução pra cima e para baixo , que tem que dormir mais cedo e  outra vez acorda de madrugada para reiniciar toda esta via-crúcis,  pode concorrer com  um aluno que mora numa bela casa própria, tem um papo cultural com os pais, dorme cedo e bem, acorda sem atraso, vai para a escola, no fim das aulas volta bem sentado para casa, toma um belo banho, come uma bela refeição, tira uma madorna, depois acorda bem humorado, estuda a tarde toda, depois assiste um programa musical televisivo , por vídeo ou no rádio,  saboreia um belo jantar, conversa um pouco com os amigos, vai dormir num fofo colchão num quarto climatizado e vive sempre sedento pelo saber, pode um aluno que lhe falta tudo concorrer com este , que brinca ,  que come, que vive bem  e que  foi feito para os estudos e que segue etapa por etapa da vida , no tempo certo? Não seria uma afronta para os menos favorecidos.

                        Mesmo assim,   com todas estas cancelas, com estes rios cheios de piranhas , jacarés ,  crocodilos e hipopótamos , estas florestas repletas de tigres, leões, búfalos e hienas ,  mesmo assim , com todas estas dificuldades e gargalos, com todos estes pontos negativos existem os abnegados, os esforçados  e  corajosos jovens que enfrentam estes atos pertinentes aos predadores e vencem, vencem por pura vontade própria, vencem por merecimentos. Muitos destes alunos já deixaram de estudar e entraram no mercado de trabalho em subempregos,  tudo pelo incentivo massivo da mídia pelo consumo doentio implantado no país, não deixa de ser um assassinato lento e progressivo, o importante é pão e circo.

Uma das medidas seria um ensino fundamental com isonomia para todos , ensino igual para classes desiguais, seria mais justo, isso aguçaria a mente dos jovens em todo o território nacional, a grade escolar seria a mesma e totalmente cumprida, de norte a sul , de leste a oeste, tudo sob a tutela do Governo Federal, conduzido pelos municípios e a vigilância da sociedade, uma escola no interior do Ceará  ensinaria o mesmo que se ensina na capital de  São Paulo, o nivelamento seria por cima.

Espero ter contribuído com algumas verdades sobre o ENEM, não compreendo o seu modus operandi , acho que não é democrático, acho que é seletivo e excludente, termino com um ditado meu de 1978 quando cursava Medicina na UFBA .  

É INJSUTO O FILHO DO RICO HERDAR TODA A RIQUEZA DOS PAIS, PORÉM, MAIS INJUSTO É O POBRE NÃO TER A CHANCE DE SAIR DA POBREZA  E NELA SE PERPETUAR .
Iderval Reginaldo Tenório


Iderval Reginaldo Tenório

Dom e Ravel - Você também é responsável. - YouTube

www.youtube.com/watch?v=G6kwbZIHZmA
3 de jan de 2008 - Vídeo enviado por Rafael Carvalho
"Ravel", ex. integrante da famosa e polêmica dupla da MPB "Dom & Ravel" , que à partir dos anos ...


DOM E RAVEL - ANIMAIS IRRACIONAIS - YouTube

www.youtube.com/watch?v=LofFghy5-_w
23 de out de 2009 - Vídeo enviado por caminhoneirosp
DOM E RAVEL - ANIMAIS IRRACIONAIS ... Dom e Ravel - Saudade de Minha Terra - Clássico da ...




DOM & RAVEL Cd Grandes Sucessos - YouTube

www.youtube.com/watch?v=adaSB0rgp4A
13 de jan de 2015 - Vídeo enviado por antoniofsilva54
Dom e Ravel,belas músicas que deixaram saudade apesar de ... Agnelo: todas as musicas de Don e ...





Obrigado ao homem do campo - Dom e Ravel - YouTube

www.youtube.com/watch?v=Ch2NcT24Y0A
12 de out de 2013 - Vídeo enviado por Walburga Nicolodeli
Walburgo Nicolod gostaria muito se possivel vc enviar me a musi de Dom e Ravel . Obgd ao honem do ...


5 comentários:

Unknown disse...

Essa exclusão sempre existiu...com ou sem ENEM.
Chamava-se vestibular.
Eu posso ser favorecido...mas quero disputar com um aluno gringo no mercado...e eles são mais favorecidos que eu. Logo tenho que me virar 100x mais.
Da mesma forma que tenho colegas pobres, bons alunos que pra estar onde estou teve que se esforçar 100x mais que eu. Eu n sou adepto a meritocracia...mas quando se quer mesmo...mt força de vontade pode ser investida...e com advento da internet...posso assistir até aulas do MIT.

Unknown disse...

Não sei porque reclamar disso... já há cotas que visam os aspectos sócio econômicos.

E parece que você divide em dois grupos somente: aluno carentes e favorecidos, quando há muitos grupos que ficam no meio entre esses extremos, dos favorecidos e dos carentes.

Outro ponto é como já disse antes, no Brasil muitas coisas pagas são necessidade e não luxo como deveria ser num país saudável. Ou seja, em geral, para bom atendimento médico o cara precisa pagar plano de saúde, se não vive na malha fina, se precisar de atendimento. O transporte é outro ponto, e segurança outro também, assim como educação não deixa de ser. No final das contas não é o ENEM que exclui, como o comentário acima postou, vestibulares tiveram e têm o mesmo efeito.

Unknown disse...

Não sei porque reclamar disso... já há cotas que visam os aspectos sócio econômicos.

E parece que você divide em dois grupos somente: aluno carentes e favorecidos, quando há muitos grupos que ficam no meio entre esses extremos, dos favorecidos e dos carentes.

Outro ponto é como já disse antes, no Brasil muitas coisas pagas são necessidade e não luxo como deveria ser num país saudável. Ou seja, em geral, para bom atendimento médico o cara precisa pagar plano de saúde, se não vive na malha fina, se precisar de atendimento. O transporte é outro ponto, e segurança outro também, assim como educação não deixa de ser. No final das contas não é o ENEM que exclui, como o comentário acima postou, vestibulares tiveram e têm o mesmo efeito.

Felipe Rios disse...

Não sei porque reclamar disso... já há cotas que visam os aspectos sócio econômicos.

E parece que você divide em dois grupos somente: aluno carentes e favorecidos, quando há muitos grupos que ficam no meio entre esses extremos, dos favorecidos e dos carentes.

Outro ponto é como já disse antes, no Brasil muitas coisas pagas são necessidade e não luxo como deveria ser num país saudável. Ou seja, em geral, para bom atendimento médico o cara precisa pagar plano de saúde, se não vive na malha fina, se precisar de atendimento. O transporte é outro ponto, e segurança outro também, assim como educação não deixa de ser. No final das contas não é o ENEM que exclui, como o comentário acima postou, vestibulares tiveram e têm o mesmo efeito.

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO Tenorio disse...

Quando na minha opinião chamo de excludente não estou dizendo que precisa entrar pessaass desqualificadas e despreparadas, estou solicitando maior atenção ao curso básico de formação e ao mesmo tempo chamando o povo ao curso técnico, um curso profissionalizante no qual o jovem carente consiga viver com dignidade e depois garimpe com mais propriedade um curso superior. Luto por uma escola básica de peso.