domingo, 26 de outubro de 2014

VEJAM COMO UM PROCESSO ELEITORAL NÃO MOSTRA A REAL VONTADE DA MAIORIA . O MODELO FAZ COM QUE , O ELEITO GOVERNE COM OS VOTOS DA MINORIA.

VEJAM COMO UM PROCESSO ELEITORAL DISTORCE A VONTADE DO POVO, O MODELO FAZ COM QUE , O ELEITO GOVERNE COM OS VOTOS DA MINORIA.

1-
O Brasil possui 142.822.046   100% 
Cento e quarenta e dois milhões, oitocentos e vinte e dois mil e quarenta e seis  pessoas com capacidade de votarem   100%
2-
Votaram em 2014 para Presidente 112.109.000 pessoas
(Cento e doze  milhões  , cento e nove mil pessoas votaram , 78%)
3-
Não foram às urnas votar 31.000.00  pessoas
(Trinta milhões de pessoas não votaram, 22%.
4-
Do total Nacional 142.822,046  100%
54 Milhões votaram na Dilma     ........................38%
51 Milhões votaram no Aécio.............................36%
1,9 Milhões votaram em branco.........................1,5%
05 Milhões votaram nulo.................................3,5%
31 Milhões não votaram...................................22%
Vejam que 62 % não votaram na DilmA
5-
Dos votantes
112.109.000 Pessoas
54 Milhões votaram na Dilma     ........................48,2%
51 Milhões votaram no Aécio.............................45,5%
1,9 Milhões votaram em branco.........................1,7%
05 Milhões votaram nulo...................................4,6%
Vejam que a presidente não obteve a  maioria dos votantes, 52% não votaram na mesma, 46 no Aécio, 1,7 em brancos e 4,6 nulos.

6-
Dos Válidos
105.109.000
Dilma obteve 54 Milhões  51,5%
Aécio obteve 51  Milhões 48,5%

                                                                 CONCLUSÃO



Dilma foi eleita com 38% dos votos do país( 54 Milhões)  de um total de 142 milhões,
então 62 % não votaram na Dilma  , que equivale a 88 Milhões de brasileiros com direito ao voto.
                                                                   MENSAGEM

Parabéns para Presidente Dilma e que o Brasil siga o seu caminho olhando para todos, protegendo os mais necessitados, valorizando a sua pujante classe  média , investido na saúde e na educação, principalmente ressuscitando a INDUSTRIA NACIONAL que se encontra fechada .

Que o seu novo governo faça  as pazes com a Categoria Médica , valorize o seu Médico e a sua Medicina  .
 Que aniquile esta terrível corrupção , que  quebre a barreira separatista criada nos últimos dias  entre o Norte, Sul, Leste, Oeste, Nordeste e principalmente o FAROESTE.  
O país tem muito a melhorar, apenas  54 milhões , 38% disseram sim  à Presidente Dilma e 62%, 88 milhões   disseram não .

 Quanto ao Aécio 36%, 51 milhões lhes  disseram sim e  64% , que equivale a 91 milhões de pessoas  disseram não.

É uma pauta a ser discutida pelas autoridades.
Depois de eleita , a Presidente  Dilma passa a ser  a presidente dos 100% dos Brasileiros, dos 200 milhões de vidas, é uma tarefa árdua, o país é CONTINENTAL.
FORÇA , CORAGEM E SERIEDADE DEVERÁ SER O LEMA.

Iderval Reginaldo Tenório

2 comentários:

Iara Corrêa disse...

Conseguir ser presidente dessa forma é uma coisa, levar o governo adiante é outra. Tem coisas que precisamos considerar e não achar que essa palavras são discriminatórias. O nordeste já teve a seca como plataforma de governo, como esse assunto não estava dando o IBOPE necessário para mais votos, criou-se o bolsa tudo. E o minha casa minha vida. Porém este assunto é controverso, polêmico. Não sou contra nada disso, mas a miséria não acaba com a dependência, ao contrário, piora e quem sustenta? O Sul. Isso gera separatismo, inconformação, revolta. Como nem todos do sul são conhecedores de política, muitos deixam de votar, anula o voto, pois não enxergam que atrás do político tem o partido e o partido tem sua linha democrática ou comunista e é aquí que reside o perigo, a ignorância que inclusive as bolsas e as casas minha vida não exterminam, ao contrário, agora podem gerar mais filhos pobres e dependentes do governo. Quem paga? O Sul o Centro Oeste. Nada mais justo que desenvolver a população toda dos 4 cantos a ter o hábito da leitura e vincular essa benesses, bolsas e moradias, a uma rígida condição de compromisso de evolução pessoal e profissional. A procriação desregrada gera pobreza. É um círculo vicioso que só dá despesa ao governo e problemas sociais de toda ordem. Terreno fértil para as falsas promessas, para a compra de votos. Bolsa família deve ser um programa de Estado, não uma mercadoria de partido político, um monopólio, uma manipulação de votos. O voto por sua vez deveria ser livre e não obrigatório pois isso inclusive não é democrático e dilui o voto consciente.

IDERVAL TENÓRIO-MÉDICO disse...

O exercício da democracia é salutar, o medo é a soberania do poder por muito tempo contaminar o cidadão que está no poder e desviar o destino do país. Isto pode acontecer com a extrema direita, com os militares , com o centrão e com a extrema esquerda, o excesso de poder desvirtua a mente do homem. Iara obrigado pela participação.