sábado, 14 de dezembro de 2013

PORQUE O PAPA BENTO RENUNCIOU?


Adicionar legenda
Adicionar legenda
O que  motivou a renúncia do Papa Bento XVI

Amigos do blog cultural, independente de todos os argumentos até agora revelados, o principal motivo ainda não aflorou.  Sabe-se que existem  problemas na área Financeira, na Eclesiástica , na Ética e no relacionamento do clero com os católicos, principalmente no tocante às necessidades fisiológicas do homem, atos estes  terminantemente  proibidos pela Igreja Católica, uma vez que estão entrelaçados com  o  Celibato e o ato sexual. 
 Na minha visão de observador,  nenhum destes fatores  pesam mais do que a sobrevivência da própria Igreja. Para a Igreja continuar viva nos dias atuais,  seria necessário criar um fato que abalasse as suas estruturas e a opinião do mundo , este fato só teria efeito, se fosse um fato que agitasse a humanidade por um longo período  , fato que permanecesse por muito tempo na mídia Universal, fato que proporcionasse um verdadeiro tsunami Religioso.
Tenho este pensamento porque,  quando um ser humano galga o mais alto posto da Igreja Católica, ele já recebe nome de Sua Santidade e, de tudo fará para concretizar este sonho . Uma das maneiras de um ser humano se santificar é viver muito, é tornar-se ancião,   é por isso que os nossos pais, nossos avós, nossos conhecidos quando envelhecem recebem a alcunha de Santo (MINHA AVÓ É UMA SANTA  , MEU AVÔ É UM SANTO, SEU  FRANCISCO É UM SANTO, MINHA MÃE É UMA SANTA), basta envelhecer para se aproximar da santificação. 
Agora imaginem um homem que dirige a Santa Igreja, que vive perto de Deus, que é o representante mor do Criador do Universo, que já  é chamado de Sua Santidade , que tem um posto vitalício com o único propósito de se santificar, de concretizar o predestinado desejo, bastando para isso, apenas  deixar o trono com a morte depois de longos anos de pregação e de peregrinação , exige-se a prática dos bons ensinamentos da  Igreja.ser pai, ser pastor , virar os olhos para os mais necessitados e interferir com mais força nos governos truculentos e que não escutam o seu povo   . 

Então alegar a idade não é convincente, pois enquanto mais idoso for o Papa, mais credibilidade ele terá , mais próximo  ficará da Santificação, alegar a saúde, também não tem fundamentação pelos mesmos motivos, uma vez que  fazem parte da santificação o sofrimento, a resiliência, a resistência e a compaixão   . Os demais problemas da Igreja  não comentarei , pois não tenho conhecimentos e nem sou irresponsável para emitir opinião sem a devida fundamentação.
O que provavelmente aconteceu , foi  um grande levantamento da situação da Igreja Católica em redor do mundo nos dias atuais, viu-se a abertura de outras igrejas, seitas diversas, o progresso afastando o homem de Deus, a busca incessante do homem pelo dinheiro, a  oposição na própria casa, os escândalos envolvendo os Sacerdotes, tudo isto desenhando   um panorama escancaradamente desfavorável. Estes episódios   levou a cúpula  criar um fato político que  funcionasse como uma mega bomba de efeito prolongado.
 Como o Papa Bento XVI goza de uma inteligência invejável, de um conhecimento sem paralelo, de uma penetração em toda a humanidade e conhece   os problemas da Igreja dos últimos 40 anos,   um ato Político que envolvesse o seu nome sem denegrir a sua imagem , um ato que não apagasse a sua importância perante a própria Igreja, mesmo porque o Papa Bento XVI não mostra  a menor vontade de ser Santificado,  então um ato que envolvesse o seu nome seria o ideal, bastasse a sua aceitação , claro , com algumas ressalvas que jamais serão reveladas.
 A sua Renúncia poderia ser o maior evento  para colocar a Igreja na mídia mundial e ser discutida por todas as camadas sociais do Mundo. Após as argumentações diversas , o Papa entendeu que realmente seria o ato político de maior relevância e  efeito benéfico para sua Instituição milenar . Foi o que aconteceu, foi deflagrado a Renúncia nanometricamente calculada e hoje todos os tipos de mídia dedicam mais de 10% do seu tempo falando do assunto, mostrando a sua importância para o povo e sobrepondo todos os pontos  sobre as demais igrejas não católica espalhadas pelo Mundo.
A Renúncia de Bento XVI na minha mera opinião foi um dos maiores Ato Político da Igreja Católica  de todos os tempos. No jargão popular: juntou  a fome com a vontade de comer.
O Papa Bento XVI além de culto, inteligente , importante para a vida da Igreja e para a paz mundial,  mostrou que politicamente é um sábio e deu um golpe de mestre. Com este ato elevará a sua imagem e recuperará o lado bom  da maltratada  Igreja Católica.
Deixar o Papado com o episódio da morte,  seria um golpe de tragédia e de luto para a   Igreja, deixar a Igreja por intermédio de um grande evento politico,  é um ato democrático repleto de  sabedoria .
Eu o parabenizo por tão sábia decisão.
Espero a sua opinião

Iderval Reginaldo Tenório

Nenhum comentário: