terça-feira, 17 de dezembro de 2013

MALASIA UM PARAISO - MALASIA PROGRESSO- MALASIA CIDADANIA

Adicionar legenda
Adicionar legenda



Sete Pontos Turísticos da Malásia

27mar
Dando prosseguimento aos nossos posts de pontos turísticos dos países por onde a Fórmula 1 passará, mostraremos hoje alguns dos principais destinos da Malásia.
Localizada no Oriente, perto da Tailândia e de Singapura, a Malásia possui uma população de aproximadamente 28 milhões de pessoas. O Grande Prêmio de Fórmula 1 aconteceu na cidade de Sepang, no dia 25 de março, no autódromo internacional de Sepang.
Entre os principais destinos turísticos da Malásia, podemos destacar:
Petronas Tower – Kuala Lumpur

Petronas Towers (Foto: Neurolysis / WikiCommons)
São as maiores torres gêmeas do mundo, e respectivamente, o  terceiro e o quarto maiores edifícios do mundo. Estão localizadas na capital Kuala Lumpur.

Miri

Miri (Foto: Gabbyyew86 / WikiCommons)
Miri é uma cidade localizada no estado de Sarawak. É famosa pela concentração de resorts e também por causa dos parques nacionais que circulam a cidade: Mount Mulu, Niah, Lambir Hills e Loagan Bunut.
Borneo

Borneo (Foto: Stivola / WikiCommons)
Apesar da maior parte da Ilha de Borneo pertencer à Indonésia, 26% de seu território são da Malásia. Nesta parte da ilha, você encontrará Gunung Mulu National Park, no qual é possível explorar as cavernas Mulu.
Knabalu National Park 

Knabalu National Park (Foto: WeFt / WikiCommons)
É neste parque que fica o Monte Knabalu, o maior do país, com 4095 metros. É bastante procurado para escaladas, mas deve-se possuir autorização para  a realização da atividade. Também é preciso reservar os hotéis com meses de antecedência.
Tioman

Ilha Tioman
Considerada uma das mais belas ilhas do mundo pela revista “Time”, fica na “costa leste” da Malásia. Na ilha, você irá se deparar com muitos lagartos-monitores. É um bom destino para mergulho, lembrando que o snorkelling é a prática mais comum.
Redang

Arquipélago de Redang
Famoso por causa das águas cristalinas, o Arquipélago de Redang possui nove ilhas, sendo que as mais conhecidas são Pasir Panjang e Redang Island. As atividades mais comuns são o snorkelling e o mergulho, sendo que há centros de treinamento.
Perhentian Islands

Ilhas Perhentian (Foto: Jpatokal / WikiCommons)
As Perhentian Islands são ilhas que ficam quase na fronteira com a Tailândia, e que são muito procuradas por praticantes de mergulho. Também são bastante populares ali o snorkelling e a prática de trilhas entre as praias, que costumam ser interligadas através de caminhos pavimentados, mas que nem por isso são simples de atravessar.


A Malásia (em inglês: e malaio: Malaysia) é um país do Sudeste Asiático que compreende dois territórios distintos: a parte sul da península Malaia e ilhas adjacentes, e uma seção do norte da ilha de Bornéu. A península da Malásia confina a norte com a Tailândia, a leste com o mar da China Meridional, e a sul e a oeste com o estreito de Malaca, fazendo fronteiras marítimas com a Indonésia, a leste, sul e oeste, e com Singapura a sul. A Malásia Insular limita a oeste e a norte com o mar da China Meridional, a norte com o Brunei, a leste com o mar de Sulu e a sul com a Indonésia, fazendo fronteira marítima com as Filipinas a norte e a leste. A capital do país é Kuala Lumpur.

Desde 1824 foi uma colônia do Reino Unido, e, entre 1942 e 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, foi ocupada pelo Japão. Em 1948 os britânicos formaram a Federação Malaia, que conseguiu a sua independência em 1957. A Malásia foi formada em 1963 quando as colônias britânicas de Sabah, Sarawak e Singapura entraram para a federação. Os primeiros anos do país foram marcados por esforços da Indonésia controlar a Malásia, reivindicações de Sabah pelas Filipinas e pela secessão de Singapura da federação em 1965. Nove dos 13 estados da Malásia têm um sultão ou um chefe de Estado hereditário; os restantes quatro têm governadores nomeados pelo rei. Em 1969 os conflitos raciais entre chineses e malaios levaram a tumultos e os partidos malaios perderam votos nas eleições que se seguiram. Continuam a existir restrições às liberdades individuais como a proibição de discussão em público. Apesar das consideráveis diferenças étnicas, a Malásia tem progredido com a criação da unidade nacional.

A Malásia é um país localizado no sudeste asiático e é dividido basicamente em 2 grandes porções de terra, separadas pelo Mar do Sul da China. Uma é continental, limitada, ao norte, pela Tailândia e a sul por Singapura e a outra é insular, basicamente na ilha de Bornéu, toda limitada pela Indonésia, de oeste a leste.

O clima da Malásia é quente e úmido e caracterizado, como muitos países do sudeste asiático, por monções, ventos tropicais que se alternam durante as estações do ano.

O relevo malaio é formado de planícies e regiões montanhosas. Dois dos picos mais altos do sudeste asiático estão localizados na Malásia. Magníficas cavernas e cachoeiras podem ser encontradas nas suas montanhas. A rede hidrográfica não é muito densa, não possuindo, assim, nenhum rio de grande importância.

Aproximadamente 4/5 da vegetação do país é caracterizado por florestas tropicais. A Malásia apresenta um dos ecossistemas mais complexos e ricos do mundo: são 15,000 espécies de plantas e árvores, 600 espécies da pássaros e 210 espécies de mamíferos. O governo investiu uma grande quantia para impedir a devastação das florestas do país.

CONHEÇA A MALASIA, CONHEÇA A SUA LOCALIZAÇÃO, A SUA ECONOMIA E CONHEÇA O SEU POVO- CONHEÇA O QUE É CIDADANIA. 

 





 

Nenhum comentário: