segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

ESTÓRIA DE LUNGA- ESTÓRIAS DE SEU LUNGA


Resultado de imagem para seu lunga
Adicionar legenda



Resultado de imagem para seu lunga
Adicionar legenda



Resultado de imagem para seu lunga
Adicionar legenda


ESTÓRIAS DE SEU LUNGA

LUNGA é um primo que tenho em Juazeiro do Norte, sul do Ceará a cidade que nasci ,  o seu nome veradeiro é JOAQUIM RODRIGUES DOS SANTOS TENÓRIO, não sabe dizer porque perdeu o TENÓRIO, mora na cidade e é um comerciante  de sucatas.

Homem educado, intelgente além da conta, pespicaz e que não gosta de perguntas bestas ou perguntas sem lógica, não é brutalidade sua, eu aprendo muito com o compadre LUNGA como o chamo, hoje com 84 anos, viril , virgil  e muito simpático.

Estas estórias  são atribuídas ao mestre LUNGA devido o seu sucesso, muitas não tem cabimento, vejam a do papel higiênico se tem lógica, nem lógica cronológica, pois na época não se conhecia no cariri este utilitário.

Acho que LUNGA deveria documentar  e exigir direitos sobre a exploração do seu nome.


1-      A SOPA

Outro dia Carmelita, minha prima, que é a esposa de Lunga, no horário do jantar, lá da  cozinha pergunta em voz alta a Lunga que já se encontrava sentado na cabeceira da longa mesa.:

___Lunga estou levando a sopa, levo no prato ou na tigela?

Diante da inusitada pergunta e sem lógica para o menestrel,  este responde na bucha.

___Bota no chão e traz com um rodo diabo, que pergunta mais besta.


                                          2- A COÇADA DE CABEÇA

Lunga um dia sai de sua loja, na rua Santa Luzia em Juazeiro do Norte,  e vai até o mercado Muncipal comprar Fumo Arapiraca na loja do seu irmão LÔ .

Ao chegar na loja quem está lá é a sua cunhada.

Chega, compra três ou quatro pacotes de  cigarros de fumo e despreocupadamente coça a cabeça sem retirar o seu belo chapéu de massa.

A sua cunhada de imediato indaga:

___Oxente cumpadi Lunga, o cumpadi num tira o chapéu pra coçar a cabeça não?

O mestre de chofre devolve a sua resposta.

___Cumadi , a senhora tira a calça pra coçar a bunda?


2-      A CABEÇA DE PORCO
3-       
Meu pai sempre foi um homem preocupado com a família , nos fins de semana matava um animal e distribuía com os vizinhos e parentes partes do avantajado suíno.

Num fim de semana prolongado.meu pai  mandou matar um porco  de seus 150 quiilogramas.

Além de sua parte de direito, meu pai presenteou o Lunga com a bela cabeça para o mesmo fazer um saboroso cozido.  Lunga passa a corda de croá na cabeça do bicho, dá um nó bem arrochado, acochado mesmo,  coloca  a correia  nos quatros dedos passando pela palma da grande mão e sai às pressas para Carmelita preparar o almoço. Ao passar na frente da casa de uma vizinha, dona Tudinha,  a mesma pergunta.

____SEU LUNGA ESTA CABEÇA É PARA O SENHOR COMER.?

Lunga olha para a inocente madame, joga a cabeça do porco no chão  e exclama a dizer.

___NÃO MINHA SENHORA, NÃO MINHA SENHORA, É PRA CRIAR ,CUUUUCHI, CUUUUUCHI, CUUUUCHI. ANDA BICHO.


               
                                      4-  A  ABERTURA DA LOJA
Era 6:30 da manhã, segunda-feira, Lunga chega pela manhã na sua loja, pára a sua bicicleta , freio contra pedal,  na calçada da loja, pega um feixe de  meio quilo de chaves da cintura, abre meia dúzia de cadeados e quando está levantando o grande portão de aço  de enrolar, já a mais de  metro de altura, um sujeito passa e pergunta em alta voz:

___ABRINDO A LOJA SEU LUNGA?

 E mais uma vez o mestre Lunga num tom mais alto responde:

___NÃO FIE DA PESTE ,TOU FECHANDO.

Baixa o portão e  fungando volta pra casa.
                     


                                         5-O PAPEL HIGIÊNICO
No Cariri era comum os donos de mercearias criarem um tipo de venda a prazo,  eram quitadas nos sábados pela manhã , dia que saia o pagamento do peão, cada cliente  possuía uma caderneta para anotar a dívida.

Referem oss Juazeirenses mais velhos,  que Lunga ainda criança, com os seus 08 anos de idade,  foi chamado às pressas  pelo seu genitor, este  o ordenou que fosse na bodega de seu ZEZÉ comprar papel higiênico e que fosse num pé e voltasse noutro feito uma bala , esta pressa toda era devido o desarranjo intestinal agudo que o velho apresentou.

Lunga mais do que depressa,  corre até a bodega, pede o um pacote de papel higiênico e volta correndo, seu ZEZÈ, o dono da bodega ,  do balcão pergunta aos gritos ao apressado garoto:

____LUNGA É PRA BOTAR NA CADERNETA?

E Lunga do alto dos seus 08 anos , dá uma paradinha, eleva a cabeça e responde num tom alto e agudo.

___NÃO SEU ZEZÉ, É PRA PAI LIMPAR  A BUNDA.

Vejam se tem cabimento, agora tenho que publicar , porque já faz parte do anedotário popular do meu primo LUNGA.

                            Iderval Reginaldo Tenório



Assistam Um Pequeno Video Feito Na Sala Da Casa De Mamãe.
 Na Minha Casa Em Juazeiro Do Norte.
 Quem Relata É O Meu Primo e cunhado  
Odilio Camilo,
 Que É Medico Cirurgião .

 No Fundo Faço Uma Apresentação.

 Este Video Foi Feito 
Por Gabriel Ribeiro Tenório,
 Meu Filho Mais Velho


A verdade sobre Seu Lunga HD - YouTube

https://www.youtube.com/watch?v=F0_8eiGoUZs
5 de set de 2011 - Vídeo enviado por Gabriel Tenório
Seu Lunga (Joaquim dos Santos Rodrigues) (Juazeiro do Norte, 18 de agosto, 1927). É um vendedor ..



                                                             

DIVULGUEM O BLOG É CULTURAL

HTTP://WWW.IDERVAL.BLOGSPOT.COM

Nenhum comentário: