domingo, 5 de fevereiro de 2017

O CANGACEIRO GITIRANA ERA UM POTEA POPULAR


Resultado de imagem para GITIRANA
Cangaceiro Gitirana 
O alagoano Antônio Félix se tornou cangaceiro no ano de 1937, com a intenção de vingar a morte do seu pai que foi morto pela volante do sargento Deluz.

 Fazia parte do subgrupo de Corisco e no Cangaço ficou conhecido pela alcunha de Gitirana. Era repentista e cantor , dominando a arte de fazer versos no improviso. Se tornou o cantor do bando. No ano de 1938 teve um envolvimento amoroso com a companheira de Português Cristina . 

 No ano de 1939 arranjou uma companheira chamada Maria. Que passou a ser conhecida no bando como Maria de Gitirana. Entregou-se no ano de 1940 juntamente com sua companheira. Morreu vítima de tuberculose. Segundo o escritor Bismarck Martins os versos abaixo são atribuídos a Gitirana.

Amor remexe com a gente
Chegando de supetão
Pior do que dor de dente
É sentir palpitação.


Cabroxa pra ser bonita
Bonita com o amor
Basta um vestido de chita
E na cabeça uma flor.


Quando escurece o sertão
É mais bonito que o mar
Como bate o coração
Se de noite faz luar!


Bibliografias Consultadas:
Gente de Lampião : Corisco e Dadá
Cangaceiros de Lampião de A a Z
Foto: Cangaceiro Gitirana no dia da sua entrega.

Nenhum comentário: